Patologia da ColunaPatologia da Coluna

Cirurgia Minimamente Invasiva

Considera-se minimamente invasiva toda a cirurgia que para um mesmo propósito apresenta menor agressão aos tecidos do corpo. As menores incisões geram menores cicatrizes e o tempo de recuperação do paciente é reduzido.

Uma cirurgia minimamente invasiva caracteriza-se não só por apresentar cortes menores, mas por menor dano interno: menores danos aos músculos e tecidos adjacentes à incisão e pouco sangramento, assim gerando menor tempo de hospitalização, menor incidência de complicações pós-operatórias, menos dor e recuperação mais rápida. Por estes motivos, a cirurgia minimamente invasiva é uma tendência mundial nas diversas especialidades cirúrgicas da medicina moderna.

Os procedimentos minimamente invasivos da coluna são hoje o que existe de mais avançado em tratamento cirúrgico no mundo. Estas técnicas ganharam destaque na cirurgia de coluna nos últimos 20 anos e se mostram eficientes, com resultados comprovadamente superiores às cirurgias tradicionais, trazendo maiores benefícios aos pacientes.

As formas mais modernas e inovadoras de se tratar diversas doenças em todas as áreas da medicina são as chamadas “cirurgias minimamente invasivas”. Dentro da modalidade minimamente invasiva para a coluna existem diferentes opções: procedimentos minimamente invasivos – medidas paliativas que visam retirar ou diminuir a dor aguda, exemplo – injeções espinhais; cirurgias minimamente invasivas – medida mais abrangente e definitiva que busca o tratamento do problema que causa a dor e a restrição física.

Fale Conosco